Ecce Homo – Ragusa

pe. giovanni, fidei donum


Lascia un commento

Uma peregrinação inesquecivel com a Mãe visitando as Comunidades!

58a Peregrinação de Nossa Senhora do Patrocinio nas Comunidades
Como agradecer a Deus em primeiro lugar, a Mãe e ao pe. Segundo Piotti pela maravilhosa tradição da Peregrinação de Nossa Senhora nas Comunidades!
Acompanhando cada dia a Imagem da mãe nas Comunidades estamos experimentando a alegria de ser filhos e filhas, irmaos e irmas! Quantos encontros, conversões, oração e em primeiro lugar a escuta da Palavra! Liturgias bonitas, ministerios dedicados, oferecimentos! Quantas pessoas visitaram pela primeira vez a Comunidade Santa Teresa e a São José Marello e a São Francisco e assim por diante! De verdade o clima de festa e alegria enche os corações….
(albuns de fotos no blog da paroquia http://paroquiasaltogrande.spaces.live.com
 
 
 
 

 


Lascia un commento

Recuperar dimensão missionária a partir da Missão Continental

O Pe. Everton do Comire nos enviou o convite a conhecer a reflexão proposta pelo Dom Damasceno na 48 AG sobre missão:

 Igreja quer recuperar dimensão missionária a partir da Missão Continental

“O objetivo da Missão Continental é recuperar a dimensão missionária de toda a Igreja na América Latina com o desejo de colocá-la, com toda a sua estrutura, em estado permanente de missão”. Foi o que disse o arcebispo de Aparecida (SP) e presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), dom Raymundo Damasceno Assis, na coletiva de imprensa desta quinta-feira, 6.

O arcebispo reafirmou a posição da Igreja em levar o Evangelho a todas as pessoas de maneira diferenciada da missão tradicional. “Com a Missão Continental queremos levar os leigos a serem protagonistas da Palavra em suas próprias dioceses, paróquias e comunidades, porque esse modelo de missão acontece nas bases”.

Partilhando com o Pe. Everton:

Obrigado Pe. Everton

 isso é nosso grande desafio!

Estamos pedindo na oração que o Espirito Santo nos faça entender que esse é o caminho. Temos nas mãos uma ótima metodologia pra fazer isso chamada SMP (Pe. Luis Mosconi) …mas é uma luta para acompanhar esse processo é acolher de coração…

Ainda se acha que é uma atividade a mais, um grupo ou uma pastoral a mais que se quere implantar. Mas na medida que as comunidades ficam mergulhando nesse processo acontece uma renovação…

Pe. Luis depois de Ourinhos foi pra Guarapuava e depois vá pra Guatemala (começando u mesmo processo em 7 diocese daquele pais; já foi em Panamá, na Colômbia…. ele mesmo fala que SMP da certo na medida que Padres e Bispos aceitam e acompanham….

É verdade que a Missão Continental esta acontecendo a pesar de nos e das nossas duvidas.

Um padre dizia no encontro do clero… Talves as nossas dificultades vem por que parece que é uma coisa do alto (pra dizer… imposta, não escolhida da base, não veio de nos…).

Reflindo bem  a resposta é: Sim, veio do alto, veio de Aparecida, veio dos Bispos que nem sabiam o que ia ser Missão Continental.. mas pra ele veio do Espírito Santo.

O verdadeiro protagonista e guia da Missão é o Espírito Santo!

Mesma coisa aconteceu com o Concilio Vaticano II… veio do alto daquele Papa Giovanni XXIII eleito pra preparar outra eleição…mas foi o Espírito Santo que passou a idéia pra ele.

A verdade é que a moda da democracia e um conceito errado dela levado na Igreja,  poluiu nossa espiritualidade e não nos ajuda a enxergar a obra de Deus! Com  graça de deus possamos acolher esta nova ventania que quere empulsionar-nos para vivenciar no hoje a Missão de Jesus até os confins do planeta e do universo.
 

 

 

 


Lascia un commento

Beleza da Missão Continental em Salto Grande

Ser igreja hoje: não só Pastorais e Movimentos….

Desde que foi realizada a Conferencia de Aparecida em Maio de 2007 marcada e abençoada pela presença do Papa Bento XVI a igreja católica em todos os níveis está estudando caminhos novos para a realização da Missão de Jesus no “hoje” e no “aqui”. A orientação de realizar uma Missão Continental questionou e orientou as Conferencias Episcopais a encontrar novos caminhos para uma formação de leigos, religiosos e padres para os novos desafios sociais e religiosos. Entre as varias metodologias muitas dioceses no Brasil e fora escolheram a da Santas Missões Populares experimentada pelo Pe. Luis Mosconi e as CEBs, principalmente no Nordeste e resumida no livro guia “Santas Missões Populares: uma experiência de evangelização voltada para o povo”  que chegou já a 23ª edição. A Comunidade paroquial de Salto Grande juntamente as outras 30 paróquias da diocese de Ourinhos escolheu de mergulhar nesta maravilhosa experiência missionária.

DIA 21 E 22 foi realizado o segundo retiro paroquial com a participação de 75 missionários e missionárias e a colaboração do Reynaldo, Angélica e Ângela de Piraju e membros do COMIDI-IAM. O retiro foi realizado com a participação de 12 jovens da Comunidade de Recuperação COM.SA.GRA e ótimas equipes cuidando da acolhida, limpeza, salas e cozinhas nos locais da Sede paroquial, aproveitando já do Centro pastoral recém construído. Pessoas simplex, humildes assumindo os compromissos batismais e procurando viver a alegria de ser discípulos de Jesus.

A Conferencia de Aparecida exigiu uma mudança de mentalidade e de ter a coragem de mexer nas estruturas paroquiais e diocesanas. Isso não é fácil para quem se acostumou a uma atitude de rotina, a dar muito valor as pastorais e movimentos baseando-se somente com as experiências já feitas e conhecidas. Entender que SMP não é um movimento a mais, não é uma pastoral, não é um grupo novo, mas uma boa sacudida especial, um jeito novo de ser igreja hoje deixando-se questionar pelo Espírito Santo, acolhendo a palavra de Jesus “vinho novo em odres novos” Marcos 2,21-22.O apostolo Paulo dizia “Já é hora de vocês acordarem…”(Rm13,11).  

No mesmo final de semana o retiro foi realizado em varias paróquias da Diocese de Ourinhos e até a metade de Dezembro estará acontecendo em todas as paróquias. Após realizar os primeiros dois blocos voltados para a descoberta das raízes da Comunidade as SMP entram no vivo da caminhada que prevê a valorização da vida, o envolvimento das pessoas afastadas e de todas as forcas vivas atuante nas comunidades. Muitos vão se acomodando diante de tanta coisa errada, como: violência, desigualdades sociais, divisões, corrupções, explorações, vícios e mais vícios. Há pouca indignação ética. Muitos se fechando no próprio eu e que os outros se danem.

As SMP querem levar a Boa Nova e  assim realizar pés no chão a Missão Continental. Não podemos deixar passar em branco esta hora de graça. Quem fica apegado só com aquela Pastoral, só com aquele Movimento corre o risco de perder o trem eclesial movido pelo Espírito Santo no hoje da historia do nosso Continente. Assim como aconteceu com o cego Bartimeu o convite de Jesus se traduz na mediação eclesial “Coragem, levanta-te, Jesus te chama!” e como o Bartimeu de Jericó é a humanidade de hoje que precisa “jogar o manto, dar um pulo e chegar até Jesus!”