Ecce Homo – Ragusa

pe. giovanni, fidei donum

Ministra Gleisi afronta a Constituição Brasileira, afirma CPT

Por Jaime C. Patias   
14 / Mai / 2013 10:00

A Coordenação Nacional da Comissão Pastoral da Terra (CPT) divulgou nesta segunda-feira, 13 de maio, uma nota pública em que repudia a posição da ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffman, sobre os conflitos de terra que envolvem povos indígenas.

“A ministra [Gleisi Hoffmann] deixa patente que o econômico é o único compromisso do atual governo. Nada pode impedir que os propalados ‘progresso e desenvolvimento’ avancem sobre novas áreas, desconhecendo totalmente os direitos dos povos que há séculos ali vivem e convivem, se assim o governo definir como essenciais ao desenvolvimento”, afirma a nota da CPT.

Na avaliação da CPT, o pronunciamento da ministra acaba por legitimar toda a violência empreendida contra os povos originários no país, e confirma que o atual modelo de desenvolvimento do país. Por isso, a Comissão lembra que “é hora de respeitar e de garantir a diversidade presente em nosso país, e o espaço físico para reprodução física e cultural dos povos e comunidades existentes”.

Confira a íntegra da nota:

Annunci

I commenti sono chiusi.