Ecce Homo – Ragusa

pe. giovanni, fidei donum

Retrospectiva: os caminhos de Bento XVI em 2011 .

Lascia un commento

Joseph Ratzinger caminha para concluir o sétimo ano de Pontificado. Eleito à Cátedra de Pedro em 19 de abril de 2005, após a morte de João Paulo II, este ano Bento XVI beatificou seu antecessor, num evento que marcou a história da Igreja Católica este ano e reuniu cerca de 1 milhão de pessoas na Praça São Pedro, no dia 1º de maio.

– Dirijo uma cordial saudação aos peregrinos de língua portuguesa, de modo especial aos Cardeais, Bispos, sacerdotes, religiosos e religiosas, e numerosos fiéis, bem como às Delegações oficiais dos países lusófonos vindos para a Beatificação do Papa João Paulo II. A todos desejo a abundância dos dons do Céu por intercessão do novo Beato, cujo testemunho deve continuar a ressoar nos vossos corações e nos vossos lábios, repetindo como ele no início do seu pontificado: “Não tenhais medo! Abri as portas, melhor, escancarai as portas a Cristo”.

Ainda na Itália, Bento XVI foi à Veneza, San Marino, Ancora, Lamezia Terme e Assis. No Vaticano, durante às quartas-feiras e nos domingos, dividiu com os peregrinos a Palavra nas audiências gerais e na oração do Angelus. Esses dois encontros são especiais para os brasileiros. É o momento em que eles podem ouvir o Papa em português.

Em 2011, o Bispo de Roma completou 84 anos de vida. Nascido em Marktl am Inn, na Alemanha, em 1927, Bento XVI também viveu seu aniversário de 60 anos de ordenação sacerdotal. Porém, a missão do Papa vai muito além de datas comemorativas. Bento XVI levou a Palavra de Cristo em diversas viagens apostólicas, à Itália e ao exterior, e fez história ao ser o primeiro Papa a discursar no Bundestag, o Parlamento Alemão.

– O convite para pronunciar este discurso foi-me dirigido como Papa, como Bispo de Roma, que carrega a responsabilidade suprema da Igreja Católica. Deste modo, vós reconheceis o papel que compete à Santa Sé como parceira no seio da Comunidade dos Povos e dos Estados. Na base desta minha responsabilidade internacional, quero propor-vos algumas considerações sobre os fundamentos do Estado liberal de direito.

Além da Alemanha, Bento XVI também foi à Croácia e ao Benim, sua última viagem apostólica em 2011. Na Croácia, incentivou a entrada do País balcânico na União Europeia. Já na África, entregou a Exortação Apostólica Africae Munus, o Compromisso da África. Um dos momentos mais envolventes dessa segunda viagem de Bento XVI à África foi o encontro com as crianças.

– E o que é a oração? É um grito de amor lançado para Deus, nosso Pai, com a vontade de imitar Jesus, nosso Irmão. Jesus retirava-Se sozinho para rezar. Como Jesus, posso também eu encontrar cada dia um lugar calmo onde me recolho diante duma cruz ou duma imagem sagrada para falar a Jesus e escutá-Lo”.

Em Madri, na Espanha, durante a Jornada Mundial da Juventude, enfrentou junto com os milhões de jovens as adversidades da natureza. Nem mesmo o vento e a chuva esfriaram a fé dos jovens, que em Madri ouviram o Papa anunciar aquele que será um momento histórico para o Brasil em 2013: a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, entre 23 e 28 de julho.

– Compraz-me agora anunciar que a sede da próxima Jornada Mundial da Juventude, em 2013, será o Rio de Janeiro. Peçamos ao Senhor, desde já, que assista com a sua força quantos hão-de pô-la em marcha e aplane o caminho aos jovens do mundo inteiro para que possam voltar a reunir-se com o Papa naquela bonita cidade brasileira.

Em 31 de outubro, durante a apresentação das credenciais do novo embaixador brasileiro junto à Santa Sé, Almir Franco de Sá Barbuda, Bento XVI recordou quando esteve no Brasil, em 2007 – Deixo aqui minhas orações pela prosperidade e bem-estar de todos os brasileiros, cujo carinho experimentado na minha visita pastoral de 2007 permanece indelével nas minhas lembranças. Registro com vivo apreço e profundo reconhecimento a disponibilidade manifestada pelas diversas esferas governamentais da Nação, bem como da sua Representação diplomática junto da Santa Sé, para apoiar a XXVIII Jornada Mundial da Juventude que se realizará, se Deus quiser, em 2013 no Rio de Janeiro.

Outro fato marcante – e inédito – foi a Missa presidida e requirida pelo Papa para a América Latina, celebrada na Basílica de São Pedro, em português e espanhol, no dia 12 de dezembro, dia de Nossa Senhora de Guadalupe, a Padroeira da América.

– Atualmente, enquanto se comemora em diversos lugares da América Latina o Bicentenário da sua independência, o caminho da integração nesse querido continente progride, enquanto se sente o seu novo protagonismo emergente no cenário mundial.

Para 2012, já foram confirmadas duas viagens apostólicas internacionais: Cuba e México.
di Rafael Belincanta

Annunci

Effettua il login con uno di questi metodi per inviare il tuo commento:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...