Ecce Homo – Ragusa

pe. giovanni, fidei donum

49 AG CNBB – Dom Gilio, Bispo de Bagé (RS)

Lascia un commento

HOMILIA DE DOM GÍLIO FELÍCIO, BISPO DE BAGÉ (RS)

 

Saudação, 49ª As.Bispos.

 Eminentíssimo Cardeal Dom Damasceno, arcebispo da Arquidiocese de Aparecida, na pessoa do qual saúdo a todos os cardeais; Arcebispos e bispos, sacerdotes, religiosos e religiosas queridos irmãos e irmãos, aqui no templo e acompanhando-nos pelos meios de comunicação social…..

 2. A Palavra de Deus…

3. A Convocação de Deus…

4. O \horizonte dos bispos e fiéis.

1. Meus irmãos e minhas irmãs, em Nosso Senhor Jesus Cristo…

A palavra de Deus

A multidão seguia Jesus porque via os sinais que ele operava a favor dos doentes. Jesus viu a multidão faminta que vinha ao seu encontro em busca de vida e com pequenas habilidades e singelos dons realiza o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes. Jesus não decepciona. Ele veio para que todos tenham vida e a tenham em abundância. Ele é o sacramento maior do amor de Deus.

Em Cristo, a caridade na verdade torna-se o Rosto da sua Pessoa, uma vocação a nós dirigida para amarmos os nossos irmãos na verdade do seu projeto.

Ele testemunhou a caridade na verdade, com a sua vida terrena e sobretudo com a sua morte e ressurreição, apresentando-se como a força propulsora principal para o verdadeiro desenvolvimento de cada pessoa e da humanidade inteira”. Sem mim nada podeis fazer. Eu sou o caminho, a verdade e a vida.

 Na primeira leitura de hoje, vimos que os  apóstolos compreenderam isso, tocaram o coração de Gamaliel e, mesmo depois das torturas, promovidas pelo Sinédrio, manifestaram alegria por terem sido dignos de injúrias por causa do nome de Jesus. E cada dia, no templo e pelas casas, não cessavam de ensinar e anunciar o evangelho de Jesus. Aceitaram colocar seus pães e peixes, o corpo e a  alma, a serviço do Reino de Deus.

 Nesta liturgia Eucarística, estamos celebrando o mistério Pascal de Cristo, nela poderemos  nos tornar, melhores discípulos missionários, DELE, para atender as multidões com fome de pão, de perdão, de desenvolvimento, de justiça  e paz…Fome e sede de Deus.

 O Documento da V Conferência da América Latina e do Caribe, elaborado aqui no Santuário de Aparecida, afirma que “O seguimento de Jesus no continente passa também pelo reconhecimento dos afro-americanos como desafio que nos interpela para viver o verdadeiro amor a Deus e ao próximo. Ser discípulos missionários significa assumir a atitude de compaixão e cuidado do Pai, que se manifestam na ação libertadora de Jesus.

 Por isso a Igreja denuncia a prática da discriminação e do racismo em suas diferentes expressões, pois ofende no mais profundo a dignidade humana criada “à imagem e semelhança de Deus”. Em sua missão de advogada da justiça e dos pobres, a Igreja se faz solidária aos afro-americanos nas reivindicações pela defesa dos seus territórios, na afirmação de seus direitos, na cidadania, nos projetos próprios de desenvolvimento e consciência de negritude.

 A Igreja, com sua pregação, vida sacramental e pastoral, precisará ajudar para que as feridas culturais injustamente sofridas na história dos afro-americanos, não absorvam, nem paralisem a partir do seu interior, o dinamismo de sua personalidade, de sua identidade étnica, de sua memória cultural e de seu desenvolvimento social nos novos cenários que se apresentam.

A decisão da ONU, de proclamar 2011  como o Ano Internacional dos Afrodescendentes, tem perfeita sintonia com as diversas manifestações do Beato Papa João Paulo II, que na terceira visita ao Brasil, em 1997, assim falou: “Esses Brasileiros de origem africana merecem, tem direito e podem, com razão pedir e esperar, o máximo respeito aos traços fundamentais de sua cultura que continuem a enriquecer a cultura da nação como cidadãos a pleno título”.

Que o nosso João de Deus, Beato João Paulo II, junto à Nossa Senhora Aparecida, interceda por nós, para que a opção preferencial pelos pobres jamais esqueça o clamor do povo negro.

Annunci

Effettua il login con uno di questi metodi per inviare il tuo commento:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...