Ecce Homo – Ragusa

pe. giovanni, fidei donum

São BartimEu, nossa CEGUEIRA e a Misericordia de JESUS

Lascia un commento

MARCOS 10,46-52  Nossa cegueira e a Misericordia de Jesus

 

 

+ O que faz Bartimeu?

 

– Está atento à passagem de Cristo…

– Toma consciência de sua situação e decide sair dela.

– Supera o medo, a vergonha, começa a gritar, pede ajuda:

– Não desanima diante das contrariedades, continua procurando a Luz…

  mesmo quando o povo manda que se cale…

– E quando Jesus o chama: dá um pulo, joga o manto para longe e

  corre ao encontro daquele que podia restituir a vista.

– Saiu da margem do caminho e se pôs no caminho com o Mestre.

 

* Joga fora o Manto, em que recolhia as esmolas…

   Para o pobre mendigo, o manto era a sua riqueza, a sua casa, o seu abrigo.

– Quais são os obstáculos que impedem tanta gente, que quer enxergar,

  de se aproximar mais de Cristo e de sua Igreja?

  Talvez as nossas discórdias internas, a falta de unidade dos cristãos,

  talvez uma falta de acolhimento, também uma linguagem complicada,

  talvez um chamado mais carinhoso?

 

* Dá um "Salto" ao encontro de Jesus:

   É um gesto significativo "pular" para um cego que "não vê"…

   Mas Bartimeu entendeu que Cristo podia curá-lo.

   Por isso, jogou o manto, deu um "Pulo" e se aproximou de Jesus.

 

+ Que tipos de pessoas o cego encontra?

– Uns atrapalham: tentam abafar o seu grito… mandam que se cale…

– Outros ajudam, animam: "Coragem, ele TE CHAMA…"

– Jesus ESCUTA o grito sofrido e confiante do cego, PÁRA e LIBERTA:

  Da margem, Jesus o coloca no centro do caminho.

    a luz da VISÃO e a luz da FÉ.

 

+ E Nós o que podemos fazer?

 

 1) Descobrir as nossas cegueiras:

     Cegos são todos os que "não vêem" no seu coração as coisas importantes,

      não reconhecem a presença e o amor de Deus e vivem na escuridão.

      – Quais são as nossas cegueiras, que devemos apresentar a Cristo,

        para que ele nos cure e nos dê a verdadeira Luz?

 

2) Perseverar na Oração como Bartimeu.

    – Somos pacientes e perseverantes na oração?

 

3) Seguir Jesus no Caminho:

   Na Igreja primitiva, "o Caminho" significava o cristianismo.

   Os "seguidores do Caminho" eram os cristãos.    O cego curado seguiu Jesus pelo caminho, tornou-se um "Discípulo".    Para ser "Discípulo" precisa querer VER e decidir CAMINHAR.    Não basta a euforia do primeiro encontro.

 

Façamos nossa, a oração do cego:

"Mestre, que eu veja!…"

                                                Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa 
Annunci

Effettua il login con uno di questi metodi per inviare il tuo commento:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...