Ecce Homo – Ragusa

pe. giovanni, fidei donum

São Maximiliano Kolbe

Lascia un commento

SÃO MAXIMILIANO MARIA KOLBE, Martir da Caridade  
interceda por nos. Possamos ter aquele amoroso ardor missionario para fazer das paroquias uma grande rede de Comunidades ACOLHEDORAS, SOLIDARIAS e MISSIONARIAS…
 
No dia 14 de agosto de 1941, Maximiliano se ofereceu para salvar a vida de um companheiro do campo.
Trancado com outros dez numa cela para morrer de fome, após dez dias passados em oração, ainda foi encontrado com vida pelos carcereiros que o mataram com uma injeção de ácido fênico. Seu corpo foi cremado e suas cinzas espalhadas pelo campo, misturando-se às cinzas de quase três milhões de outras vítimas do ódio nazista contra a humanidade.
Foi o mártir do amor, no oceano de ódio que invadiu a sociedade humana.

Num texto anterior à sua morte, pe Kolbe tinha escrito quase uma profecia: "Desejo ser pó para a glória da Imaculada e de Deus. Possa o vento levar este pó para o mundo afora, a fim que nada permaneça de mim. Assim, o sacrifício para Maria Imaculada será completo". Também já tinha escrito: "Somente com o sofrimento se aprende verdadeiramente o amor. Com o sofrimento e a perseguição, não somente seremos santos, mas levaremos também os nossos perseguidores a Deus".

As imagens mais comuns fazem referencia a prisionia no Campo de concentração nazista e a devoção a Imaculada Conceição da VIRGEM MARIA. En Nome da Imaculada ele foi grande promotor dos meios de comunicação social

  

 
 
 
 
 
Annunci

Effettua il login con uno di questi metodi per inviare il tuo commento:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...